PUBLICIDADE
Cinema

Marvel: Problemas com Filmes vs Séries

3 de junho de 2015, POR

O Super Nerd » Cinema » Marvel: Problemas com Filmes vs Séries

PUBLICIDADE

Parece que a Marvel não está em desconfortos apenas com a FOX, mas também enfrenta problemas internos que estão gerando longos conflitos que podem afetar negativamente tudo que eles tem construído ao longo dos anos. Entenda o que está acontecendo sobre a relação entre o Cinema e a TV!

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

O conflito interno na Marvel/Disney pode complicar a reputação do estúdio.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O conflito interno na Marvel/Disney pode complicar a reputação do estúdio.

De acordo com Umberto Gonzales, repórter do Heroic Hollywood, os executivos e escritores do Marvel Studios observam a pequena parte do Universo Cinematográfico da Marvel na Televisão apenas como um fardo que precisam carregar, pois é uma exigência dos altos postos da Disney. Kevin Feige, presidente do Marvel Studios, é o principal crítico e apenas aceita as necessidades da Disney como um “mal necessário”.

O canal ABC – responsável por Agents of SHIELD e Agent Carter – está envolvido com a Netflix – responsável por Demolidor – apenas para manter as aparências e preencher os vazios entre os filmes. Assim, é apenas uma vaidade da Disney em abocanhar uma parcela diferente no mercado. Nessa, enquanto as séries da Netflix são supervisionadas de longe pela Marvel Studios, as séries do canal ABC ficam a cargo dos roteiristas da Disney, sem intermédio da Marvel.

Conforme Gonzales afirma, embora tenha uma leve supervisão, a equipe da Marvel que está na Netflix tem um controle completo sobre o que estão realizando e não há ninguém dizendo o que eles podem ou não fazer. Ou seja, está sem a liderança necessária, ocasionando uma leve desconexão entre as mídias.

Mesmo assim, os produtores da Netflix alimentam uma ideia de utilizar os personagens Gavião Arqueiro ou a Viúva Negra para realizar uma ligação eficaz entre os dois mundos distintos – cinema e televisão. Porém, por motivos óbvios, o pessoal da Marvel Studios está dispostos a fazer que isso nunca não aconteça.

Ao mesmo tempo, a Disney ainda demanda cada vez mais da ABC, pressionando e fazendo com que o canal entre em planejamento para diversas séries com personagens secundários, entre eles: Manto e Adaga, Ms. Marvel e um prelúdio para o Hulk.

Com a atitude da Disney em “fazer qualquer coisa” para conquistar público, mesmo que seja boa, tanto o Marvel Studios quanto a Netflix ficam com o pé atrás e torcem o nariz, afinal, existiriam muitas séries de heróis no momento – não que isso seja um problema para os fãs, mas geraria uma exaustão no mercado, e alguém ia sair perdendo.

O ABC se sente deixado de lado, e trabalha sempre em uma tentativa de trazer personagens secundários que tiveram participações no filme para participarem das séries, assim permite que haja mais conexão entre os universos. Porém, com o Marvel Studios avançando em produções e as séries sendo mais rápidas – com várias temporadas, até o lançamento de um filme, as coisas começam a complicar.

Gonzales, também, aponta rumores sobre a vontade dos atores presentes nas séries, tanto do ABC quanto da Netflix, em participar dos filmes do Universo Marvel. Entretanto, a Marvel Studios está os ignorando completamente, assim como os eventos que acontecem nas séries, principalmente das séries do ABC – por este motivo, você nunca mais viu o Coulson nos cinemas e não vai ver.

A tensão é densa. E há um detalhe que preocupa: toda a mitologia criada sobre os Inumanos em Agents of SHIELD sendo completadamente alterada quando o filme dos Inumanos for oficialmente lançado nos cinemas em 2019 – e é o que provavelmente vai acontecer.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Agent Carter é a série que menos sofre com tudo isso por se passar em época diferente aos filmes e apenas complementar o Universo.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Agent Carter é a série que menos sofre com tudo isso por se passar em época diferente aos filmes e apenas complementar o Universo.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Por outro lado, Agents of SHIELD é a série que mais sofre por tentar aumentar sua conexão com o Universo e apresentar os Inumanos cedo demais em relação ao filme.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Por outro lado, Agents of SHIELD é a série que mais sofre por tentar aumentar sua conexão com o Universo e apresentar os Inumanos cedo demais em relação ao filme.

Ainda há rumores de que a Netflix esteja planejando aumentar ainda mais seu Universo Marvel. Apresentando seriados sobre Blade, Motoqueiro Fantasma e Justiceiro. E desejando uma participação de Doutor Estranho em Os Defensores – equipe com os heróis da Netflix. Se a Marvel vai permitir que Doutor Estranho entre nessa é outra história.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

A Netflix mantem um grande interesse nos personagens da Marvel e, em minha opinião, é o melhor modelo para adaptar os personagens fora dos cinemas. Séries Netflix são sempre como um longo filme.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

A Netflix mantem um grande interesse nos personagens da Marvel e, em minha opinião, é o melhor modelo para adaptar os personagens fora dos cinemas. Séries Netflix são sempre como um longo filme.

A complexidade de montar um universo compartilhado

Se você é fã da Marvel, provavelmente já se doeu com essa notícia. Saber que o Universo Televisivo da Marvel é apenas uma mula e pode ser ignorado, não é fácil não. Mas – como, aliás, eu sempre defendi – não é fácil mesmo administrar um universo que se passa em duas mídias diferentes. Tanto por questões financeiras, como administrativas e de audiência.

Kevin Feige ganha super bem, trabalha praticamente o dia inteiro e tudo isso para ainda “ser obrigado” a administrar um universo “temporalmente” diferente – para cada dois filmes lançados serão mais de 40 episódios lançados. Não chega nem perto de ser fácil, por este motivo ele está ignorando completamente a televisão, assim como os executivos da Marvel Studios.

Entretanto, dado que a Marvel já começou seu trabalho na TV, mesmo com dificuldades, ignorar isso pode ser um erro gravíssimo para o estúdio e acabar comprometendo o seu sucesso a longo prazo, principalmente entre os fãs que acompanham totalmente as duas mídias – embora estes sejam a menor parcela das bilheterias nos cinemas.

A criação do Universo Marvel fora dos Cinemas

As séries de TV são uma maravilha, mas o que todo mundo sempre esquece é que, enquanto são lançados no máximo dois filmes por ano do Marvel Studios, se passam duas temporadas com vários episódios entre um ano e outro, imagine quando existirem mais e mais séries.

Este é o principal motivo pelo qual os filmes não podem depender das séries. Do contrário, deixará de existir uma longa história para contar. É interessante a preocupação do ABC em relação a Agents of SHIELD. Independente do ótimo trabalho que eles tem realizado na construção dos Inumanos, quando o filme sobre os Inumanos for lançado, Agents of SHIELD estará na sexta temporada – se estiver viva até lá.

É óbvio que os cinemas precisaram recontar tudo aquilo que já foi apresentado e construir da sua própria forma encaixando com seus outros filmes do Universo Cinematográfico da Marvel. Apesar de ter uma legião de fãs, o público que acompanha os filmes dos cinemas não é o mesmo que acompanha as séries – do contrário, as séries teriam explosões em audiência.

Considerando que as séries são o mesmo universo dos filmes, muita coisa que será apresentada nas séries não poderão ser recontadas nos filmes, afinal, não faria sentido lógico e causaria uma confusão desnecessária. Dessa forma, obrigaria os espectadores a terem assistido a série antes de ver determinado filme para entender o que está acontecendo. E sabemos que obrigar a assistir a série é péssimo.

Para os fãs que acompanham, uma pequena grande massa do mercado, incluir Demolidor nos filmes seria de brilhar os olhos. Mas, para o público comum seria como “quem é esse cara?”. Assim, ia criar uma necessidade de reapresentar o Demolidor, causando uma duplicidade para quem assiste a série, a não ser que ele fosse incluído superficialmente apenas como um coadjuvante.

Sejamos sinceros, Hollywood é um mundo de negócios e uma máquina de fazer dinheiro. Apesar de ser um público considerável, não são os fãs que dão dinheiro para os filmes, e sim o público comum aquele que, muitas das vezes, mal pegou uma HQ nas mãos e não entende tão bem a diferença entre Marvel e DC.

Isso pois este público está lá para se divertir apenas, não está preocupado com o que acontece fora das telas do cinema e acompanha a vibe de filmes de heróis que estão lançando – pelo menos até cansarem de só ver isso nos cinemas. Esse público sustenta a industria e nele em que se deve ser concentrado os esforços, infelizmente, o “mal necessário”. O mais importante: esse público não gosta de se sentir perdido dentro de uma história.

A Marvel sabe que tem fãs, mas a preocupação dela está no faturamento que não vem dos fãs. E é por este motivo que a Marvel pode acabar afundando seu próprio império no mundo dos fãs e causar descontentamentos que irão refletir na verdadeira indústria alimentada por fãs: os quadrinhos.

A solução para a Marvel/Disney

Assim é notável que não é fácil e nem recomendável utilizar as séries e o cinema de forma compartilhada. Por este motivo a Marvel Studios vem ignorando o material televisivo. A DC encontrou uma alternativa, ela está começando a trabalhar com multiversos. Dessa forma, a TV e o Cinemas são universos diferentes mas que podem ser conectados algum dia.

Só para que fique mais claro, imagine que a série do Flash, até o lançamento do filme em 2018, já esteja na quinta temporada. Se fosse o mesmo universo e tivéssemos Grant Gustin, nada do que já foi apresentado poderia ser exposto nos cinemas, nem mesmo os vilões, teoricamente e logicamente, não é mesmo? Mas precisa ser, uma vez que o público é diferente. A solução: multiversos.

Para a Marvel a coisa é um pouco mais densa, uma vez que já começaram compartilhando o mesmo universo, mas também não seria complicado de resolver. Bastava Kevin Feige nomear um responsável pelo Universo Televisivo. E dentro do Universo Televisivo, os grandes heróis não seria apresentados e nem os grandes arcos que vão acontecer no cinema, assim como os Inumanos seriam retirados da trama principal e se tornariam um mistério que se estenderia até o lançamento do filme – se bem que não dá mais para fazer isso.

Era possível criar um universo da TV inteiro com personagens como Demolidor, Luke Cage, etc, e apenas usar a “imprensa” das séries para mostrar, vagamente, os eventos que estão acontecendo nos cinemas. O erro de Agents of SHIELD foi trabalhar com Inumanos cedo demais em relação aos cinemas, por isso provavelmente será descartada.

De qualquer forma, os conflitos entre Marvel Studios, Netflix e ABC irão, em algum momento, causar problemas internos realmente graves e toda a reputação criada pode acabar indo por água abaixo. E foi o que aconteceu recentemente, onde rumores apontaram que a Marvel Studios estaria cancelando Inumanos por causa de Agents of SHIELD. O rumor já foi desmentido, mas desconsiderar tudo que vem sendo apresentado na série continua de pé.

Separar o cinema da TV, deixando dois universos independentes seria a melhor solução, mas já é tarde demais para tanto. Desculpe leitor, a petulância e a destruição dos seus sonhos, mas eliminar Agents of SHIELD, ou mudar completamente o rumo da série deixando-a apenas com heróis não tão importantes para os cinemas é o que eu faria.

E qual a sua opinião a respeito?

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "O Super Nerd" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

O Super Nerd

O Super Nerd

Completamente apaixonado e envolvido pelo mundo do entretenimento, da tecnologia e do conhecimento. This is a job for... Super Nerd!

PUBLICIDADE

comentários mais nerds do planeta

O Super Nerd disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

artigos relacionados

Send this to a friend