PUBLICIDADE
Cinema

Batman vs. Robin: Análise

4 de abril de 2015, POR

O Super Nerd » Cinema » Batman vs. Robin: Análise

PUBLICIDADE

Batman vs. Robin, nasce como uma espécie de continuação dos eventos de O Filho do Batman. A animação é parcialmente baseada no arco Batman: A Corte das Corujas dos Novos 52. E, convenhamos, mesmo com suas diferenças a adaptação da história foi bem realizada pela animação. Saiba mais!

A sinopse

Quando Damian Wayne assume o manto de Robin, ele passa a seguir um caminho de teimosia e imprudência ao lado de seu pai, o Batman. Enquanto investiga uma cena de crime, Robin encontra Talon, um sujeito misterioso que o leva até as profundezas de uma sociedade secreta de Gotham. Será uma jornada perigosa e que forçará Batman e Robin enfrentarem os seus adversário mais perigosos: um ao lado do outro.

Batman: A Corte das Corujas – que você pode adquirir aqui – sem dúvidas, foi um dos melhores arcos do Batman nos Novos 52. A animação incorpora toda a essência existente na Corte das Corujas, entretanto se distancia completamente da história original.

Assim, os fãs que esperam um filme sobre a Corte das Corujas vão se decepcionar. A essência do filme está muito mais centrada na relação entre pai e filho – no caso, Batman vs. Robin. E, sinceramente, não chega a ser decepcionante para seu propósito.

Batman vs. Robin

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Pai e filho é o tema principal da animação.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Pai e filho é o tema principal da animação.

Logo após O Filho do Batman, sentíamos que algo estaria por vir, de certa forma a história ficou “incompleta” e queríamos mais a relação direta entre Bruce e Damian. E foi o que aconteceu, grande parte do enredo da animação foca no relacionamento entre pai e filho.

Damian Wayne é o personagem principal de toda a animação, mais até que o próprio Batman, a história é dele e feita para ele. A escolha entre seu pai – o Batman – e sua própria independência e personalidade é questionada a todo o momento pela animação.

É uma jornada de descoberta sobre Damian. Por outro lado, temos Bruce que ainda possui muitas dificuldades em lidar com o seu filho, principalmente devido a ele ver Damian como mais um de seus Robins e não alguém que realmente pertence a sua família.

A relação entre os dois é o ponto chave da animação que é capaz de emocionar em alguns momentos. O enredo consegue seguir um bom ritmo, que se torna intenso mais ao final do filme quando Bruce percebe que tem um filho e Damian percebe que tem um pai.

A Corte das Corujas

Não há como negar que a Corte das Corujas é apenas um plano de fundo na história para testar Damian. A corte é explicada de uma forma sucinta e bem direta, o que ajudou que a história fosse breve. Mas, ao mesmo tempo tirou a sua importância, como se eles não fossem tanta coisa assim e estivessem muito omissos em Gotham.

Tudo bem que para uma animação não haveria tanto tempo assim para se aprofundar na corte, mas é como se você percebesse que eles só estão ali para ser uma espécie de “lado negro” para que Damian possa escolher.

A Animação

As cenas de luta são excelentes, os close-ups, a velocidade, a quantidade dos Garras, infinitas coisas acontecendo ao mesmo tempo em uma batalha. Não é uma simples luta de “desenho animado”, é algo a mais, algo que foi estudado e muito bem planejado.

Por outro lado, há momentos que a animação enrola demais, e o meio do filme se torna um pouco entediante. Nada que atrapalhe completamente a experiência. Mas, uma das grandes “chatices” é a insistência nos pais de Bruce, parece que sempre precisamos ver eles morrerem para abalar o Batman.

Em partes isso é bom, quer dizer, Bruce realmente sofre e tem sofrido a cada dia desde o assassinato. Porém, o assassinato de seus pais sempre surge para justificar qualquer acontecimento como forma de relaciona-los a Bruce.

Vale a pena assistir?

Não é a “melhor” animação da DC Comics, porém ainda garante a sua posição entre as outras. As lutas e a relação entre pai e filho são os fortes da animação. Cá entre nós, a Warner/DC sempre faz um excelente trabalho no universo animado – quem dera fizessem o mesmo com os filmes live-action.

Então, se você é alguém que gosta do Batman, de seus personagens coadjuvantes, e que já tenha assistido O Filho do Batman, não há dúvidas que irá gostar da animação. Do contrário, poderá ficar um pouco perdido sobre a relação de Damian e Bruce, ou até mesmo entediado pelo Batman não ser o foco das atenções.

Eu, particularmente, gostei tirando apenas alguns pontos ou outros. Assim, vale a pena dedicar um tempinho a assistir. Não é bem aquela história que explode cabeças, mas é algo que deve ser considerado, principalmente se você gosta do universo animado da DC.

4
Sending
User Review
0 (0 votes)

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "O Super Nerd" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

O Super Nerd

O Super Nerd

Completamente apaixonado e envolvido pelo mundo do entretenimento, da tecnologia e do conhecimento. This is a job for... Super Nerd!

PUBLICIDADE

comentários mais nerds do planeta

O Super Nerd disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

artigos relacionados

Send this to a friend