PUBLICIDADE
Cinema

10 maneiras da DC superar a Marvel nos cinemas

18 de maio de 2015, POR

O Super Nerd » Cinema » 10 maneiras da DC superar a Marvel nos cinemas

PUBLICIDADE

A Marvel, apesar de algumas falhas, está dando de dez a zero nos filmes da DC – se bem que a DC mal começou com seu universo nos cinemas. Entretanto, existem maneiras eficientes da DC superar a Marvel. Acompanhe agora tudo que a DC precisa continuar ou começar a fazer.

Ainda é cedo para avaliar o universo DC nos cinemas. Contando apenas com o novo filme do Homem de Aço é complicado dizer se eles estão caminhando completamente bem. Entretanto, baseado nos princípios que a Warner estabeleceu com a trilogia de Nolan e manteve com Homem de Aço, já é possível imaginar como a Warner deve fazer daqui para frente.

Já é esperado que a DC tem uma seriedade a mais nos seus filmes – como já foi abordado no artigo sobre o que esperar do universo DC. Mas, se a DC não reforçar, em todos os seus filmes, alguns pontos-chaves, as coisas irão ficar bem difíceis. Entenda agora o que a DC precisa fazer!

(ATUALIZADO)

Em uma declaração recente, o presidente executivo da Warner Bros. apontou para o The Hollywood Reporter o caminho que eles planejam seguir com os filmes desse novo universo. É interessante, pois várias da maneiras propostas abaixo condizem com o que ele diz. Veja:

Temos uma ótima estratégia para filmes da DC, que é pegar esses personagens amados e colocá-los nas mãos de cineastas mestres e ter cuidado para que eles se coordenem. Você verá a diferença quando ver Esquadrão Suicida, Batman vs Superman, Liga da Justiça e tudo que estão planejando”.

Sobre Batman vs Superman ser sombrio: “Há intensidade e seriedade no propósito desses heróis. Os cineastas que comandam esses projetos estão fazendo ótimos filmes envolvendo super-heróis, e não filmes de super-heróis. Quando se está fazendo um bom filme, se comenta a respeito de filosofias e desenvolvimento de personagens. Há também humor, que é uma parte importante”.

Quanto a Mulher-Maravilha: “Tivemos um grande processo procurando todo mundo. Patty e Michelle foram realmente as escolhidas principais. E quando as coisas não deram certo com Michelle, já tínhamos em mente alguém que gostávamos bastante antes. Ela voltou e está fazendo um ótimo trabalho. Mas nunca foi sobre a melhor diretora mulher. Ela tem demonstrado um ótimo trabalho com personagens femininos desde Monster”.

Ele apresenta algo que venho explorando muito abaixo. Enquanto muitos dizem que é impossível fazer um filme sério de super-heróis pois não combina… A verdade é que a seriedade está nos elementos de conexão da história, é como criar um mundo onde realmente existisse um bando de seres estranhos e super-heróis. Há envolvimento contextual, diferente da Marvel.

#1 Narrativa Contextual

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

O contexto narrativo tanto nos filmes de Nolan quanto o filme de Snyder, está presente através do governo, da política, da sociedade e outros elementos.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O contexto narrativo tanto nos filmes de Nolan quanto o filme de Snyder, está presente através do governo, da política, da sociedade e outros elementos.

Os filmes do Batman da trilogia de Nolan mostraram que a história é tudo. Dos três, muitas pessoas consideram que “O Cavalheiro das Trevas Ressurge” foi o pior, e que talvez ele partiu demais para o ponto de vista real – vide a aparência de Bane.

Talvez, todas as críticas tenham razão, o filme ficou sério demais, entretanto, o filme tinha muita profundidade. Não só em O Cavalheiro das Trevas Ressurge, mas em todos os outros dois, o contexto foge do tradicional do filmes de super-heróis e lida com aspectos temáticos antes inexplorados.

Há questões políticas, questões sociais, questões psicológicas, conflitos corruptivos muito mais presente a todo instante no emaranhado de tramas da história. É possível analisar contextualmente cada aspecto dos filmes de Nolan e trazer para o mundo real, há ali uma narrativa completamente palpável e que faz todo sentido lógico em uma sociedade com heróis e vilões.

Homem de Aço, também é um exemplo de como a construção da história faz a diferença. Apesar do seu ritmo lento, o filme conseguiu trazer discussões internas do personagem Clark Kent que ficam subentendidas em suas ações e, ainda, conseguiu trazer discussões sobre as consequências do atos do Superman em um mundo real.

Apesar das polêmicas acerca dos filmes, que geram exaustivas discussões, é possível enxergar a sociedade e a política nitidamente em cada um desses filmes. Trabalhar na criação de uma narrativa contextual deixa a história mais densa, agradável e completamente palpável.

Muitos alegam que é um filme sobre super-heróis, ter realidade não adianta de nada. Pelo contrário, criar uma realidade dentro do contexto que há dentro da própria história, permite explorar e criar causas e consequências muito mais intensas e maiores, algo que um super-herói lida constantemente nos quadrinhos.

Uma invasão alienígena seria muito mais parecida com o Homem de Aço do que com o primeiro Vingadores. E não é interessante a forma como a DC transpõem a fantasia em realidade? A Marvel trabalha com narração simples e rasa, é possível perceber os acontecimentos que apenas são expostos em tela, e quando passam, são rasamente discutidos.

A Warner/DC pode conquistar muito mais o público adulto criando um contexto denso. E ainda permitir que seus filmes, mesmo com a essência de fantasia, se encaixem completamente em um mundo real e muito mais perigoso.

#2 Tom e Realidade

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

O tom dos filmes da DC precisa continuar na premissa realista, nada impede é claro a presenta de humor, mas não algo tão cômico quanto filmes Marvel.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O tom dos filmes da DC precisa continuar na premissa realista, nada impede é claro a presenta de humor, mas não algo tão cômico quanto filmes Marvel.

A Marvel tem humor na veia, esse fato é bom, entretanto na maioria das vezes, atrapalha também – veja a discussão sobre o humor Marvel aqui. Os primeiros filmes, bem antigos já, do Batman e do Superman seguiam essa “fórmula Marvel” com vários elementos cômicos e também trabalhavam com alguns poucos elementos contextuais para apenas justificar o que aparece nas telas.

Entretanto a DC mudou completamente após Nolan, não há como negar. Apesar de muitos acharem um exagero falar de Nolan, ao menos, ele apresentou um caminho diferente e, assim, seguir a Marvel não é a melhor opção. Transpor os elementos fantasiosos para o mundo real, como se narrassem uma história que realmente aconteceu no ambiente em que vivemos, é a grande sacada.

Um tom um pouco mais sério e realista é a marca da DC, é a identidade dela. Todos já esperam isso ao ver um filme DC, assim como todos já esperam humor nos filmes Marvel. Se você conhece as grandes sagas da editora, sabe que é um processo natural e que acontece nos quadrinhos também.

A DC sempre procurou levantar questões além dos simples atos heroicos em suas histórias, trabalhando com moralidade, política, sociedade, entre outros elementos que contextualizem e apresente um tom sutilmente realista a suas percepções.

Realista aqui não é simplesmente ignorar elementos fantasiosos, mas é apresentar esses elementos de forma como se eles realmente acontecessem em um mundo real cercado de pessoas comuns, como eu e você, e blindado por questões politicas.

Continuar utilizando essa formula no cinema fará a DC se distanciar da Marvel e, quem sabe, levar a melhor apresentando algo a mais do que simplesmente diversão. Seria fácil superar a Marvel dessa forma apenas por ser diferente. A Marvel já está estabelecida e tem feito um bom trabalho do seu jeito, a DC precisa encontrar seu espaço fora do tom exaustivamente cômico.

#3 Personagens Principais

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Assim como o Wayne de Nolan, foi bem explorado, a Warner precisa continuar seguindo esse principio com o Wayne de Snyder.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Assim como o Wayne de Nolan, foi bem explorado, a Warner precisa continuar seguindo esse principio com o Wayne de Snyder.

Antes da popularidade da Marvel nos cinemas, a DC sempre contou com fortes personagens principais popularmente conhecidos ao redor do mundo. Sempre foi muito mais fácil encontrar quem conhecia Superman e Batman, ao invés de Capitão América e Homem de Ferro.

Respeitando isso, os filmes da DC – a trilogia de Batman e Homem de Aço – tem um foco firme sobre os personagens principais. Vemos ao longo da trilogia do Batman toda a construção de Bruce Wayne acerca de sua lenda, e em Homem de Aço a construção tenta mostrar que Clark Kent é tão humano quanto qualquer outro.

Quando revemos cada um desses filmes, é possível notar que a história não é rasa ou superficial. A ação está lá mas parece ser o segundo plano comparando ao estudo e profundidade de personagem.

A tentativa de humanizar os personagens principais é vital para mostrar suas fraquezas e criar histórias que mais trabalhem o psicológico propriamente dito do que a ação. É claro que todo mundo quer ver ação e pancadaria, mas antes ver uma boa história somada a isso do que apenas ver uma ação desenfreada e sem sentido – a não ser é claro, que estejam procurando uma história descartável.

O Cavaleiro das Trevas provou que mesmo um filme sem tanta ação pode ser um excelente filme de super-herói, ele consegue transmitir o heroísmo em cada ato. Nolan soube trabalhar bem com isso, entretanto, Snyder ainda precisa aprender a lidar com os tempos dentro da história, que se passam exaustivamente lentos. Mas, em suma, seguir a construção de personagem será ótimo para DC.

#4 Construção dos Coadjuvantes

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Enquanto os coadjuvantes foram bem executados na trilogia de Nolan, o filme de Snyder dá alguns deslises. A Warner precisa voltar aos trilhos.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Enquanto os coadjuvantes foram bem executados na trilogia de Nolan, o filme de Snyder dá alguns deslises. A Warner precisa voltar aos trilhos.

Coadjuvantes existem para preencher uma história com significância e não tampar buraco. Os coadjuvantes da trilogia do Batman são tão bem explorados, cada um em seu tempo e nenhum sem importância. Temos Alfred, Lucius Fox, Gordon, Rachel e muitos outros que formaram um quebra cabeça essencial na história.

A preocupação da construção estava presente tanto nos personagens principais quanto nos personagens coadjuvantes. Snyder, tentou realizar algo semelhante em Homem de Aço, mas não obteve tanto sucesso, tivemos alguns pontos positivos como Lois Lane, Faora, Coronel Hardy, os Kent… Mas grande parte não foi bem aproveitada, como é o caso de Perry White, os jornalistas e alguns militares.

A Marvel não trabalha ativamente seus coadjuvantes, grande parte se torna descartável dessa forma, e a concentração fica voltada para seus grandes protagonistas. Trabalhar coadjuvantes em conjunto com personagens principais vai tornar as histórias da DC muito mais interessantes.

#5 Vilões

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Zod foi um vilão completamente bem construído e, sinceramente, não sei se seria um vilão que os Vingadores seriam capaz de lidar.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Zod foi um vilão completamente bem construído e, sinceramente, não sei se seria um vilão que os Vingadores seriam capaz de lidar.

Para muitos pode ser difícil admitir mas os vilões da DC, costumam ser, bem mais perigosos e amedrontadores que os da Marvel, pelo menos nos cinemas. Você os identifica como os vilões, eles tem um propósito, um objetivo, seus próprios dilemas, tem presença e são menos cômicos – excluso, claro, o Coringa que é maluco e foge do tradicional.

Chega a ser engraçado como muitos admiram a personalidade humana baseada em Stark de Ultron, que segundo alguns dizem trouxe um tom humano e realista – sério?! – mas não suportam Bane que apenas foi um monstro realista para aquele contexto.

Ainda é engraçado como muitos respeitam a destruição nos filmes da Marvel e repudiam a destruição que ocorreu em Homem de Aço – como se fosse fácil parar uma máquina de terraformagem e como se isso não fosse nenhum pouco destrutivo.

Talvez o selo Marvel deixe as pessoas com os olhos brilhando o suficiente para ignorar a história apresentada, ou talvez o público já não esteja mais preparado para uma história densa que a DC tenta apresentar em seus filmes.

A ideia de um vilão que possa ser temido é muito mais convincente e intrigante do que um vilão que perde sua própria essência na tentativa de ser o mais cômico possível. A DC realmente sabe construir bem os seus vilões e continuar nesse caminho é a solução para mudar a visão das pessoas em relação as histórias.

#6 Tecnologia de Ponta

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Os efeitos do filme do Homem de Aço são devastadores, e o excelente é que há muito mais história do que apenas isso.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Os efeitos do filme do Homem de Aço são devastadores, e o excelente é que há muito mais história do que apenas isso.

Os efeitos especiais são incríveis, a Warner tem uma excelente equipe e excelente recursos de tecnologia disponíveis assim como qualquer outro estúdio. Entretanto, fazer efeitos mais práticos do que digitais pode ser a válvula de escape que a DC precisa.

A trilogia de Nolan faz isso muito bem, talvez algo que seja difícil fazer em um filme do Superman. Mas limitar a tenologia em algumas simples ações onde o digital é dispensável será o trunfo para promover uma sensação melhor e diferente.

A Marvel usou bem dos efeitos em Vingadores: A Era de Ultron, ação por toda parte e uma tonelada de efeitos especiais em cena. Se a DC começar a mostrar efeitos mais reais e práticos, provando ir além da simples ação em CGI, ficará bem mais fácil de observar a Marvel e criticar um filme repleto de efeitos exaustivos que mais falta história pra contar.

#7 Casting da Warner

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

O casting do Esquadrão Suicida é um exemplo de filme Warner repleto de grandes astros.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O casting do Esquadrão Suicida é um exemplo de filme Warner repleto de grandes astros.

Os grandes nomes de Hollywood estão do lado da Warner. É perfeitamente possível a DC começar a fazer filmes com os classe A de Hollywood e os mais populares também. A Warner tem um status quo diferente da Disney, e isso faz com que seu elenco seja bem diferenciado e mais denso.

Vide o grande casting presente em Esquadrão Suicida, ali estão presentes alguns dos maiores nomes de Hollywood, alguns ganhadores de OSCAR e atores/atrizes que já realizaram trabalhos impecáveis em outros filmes, também, em classe A.

Querendo ou não, atores e atrizes assim chamam atenção do público comum, nesse ponto a Warner pode vencer de lavada a batalha. Mas, é claro, ela tem que correr antes que a Marvel contrate todos atores disponíveis em Hollywood.

#8 Trilhas Sonoras

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Hans Zimmer é o trunfo da Warner na criação de excelente trilhas sonoras.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Hans Zimmer é o trunfo da Warner na criação de excelente trilhas sonoras.

Os melhores compositores também estão com a Warner. Hans Zimmer fez um excelente trabalho tanto na trilogia de Nolan, quanto no filme do Homem de Aço. A Warner sempre se preocupou com esse detalhe, afinal, uma composição sonora é tudo para garantir a personalidade e identidade do filme.

A Marvel não tem essa mesma preocupação, a não ser em Vingadores: A Era de Ultron e em Guardiões da Galáxia. Ainda sim, não são trilhas originais realmente poderosas e, convenhamos, como não se empolgar com as grandes partituras de Hans Zimmer!? Mais um ponto que a Warner deve seguir adiante.

#9 Expansão do Universo

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

A Warner precisa estabelecer mais heróis nos cinemas.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

A Warner precisa estabelecer mais heróis nos cinemas.

Umas das coisas que a Warner, definitivamente, precisa melhorar é a quantidade de heróis que vai apresentar em tela. Seu universo precisa ser maior do que apenas Batman ou Superman. A Marvel não teve medo de pegar seus heróis classe B e transformar nos protagonistas mais rentáveis de todos os tempos.

Ao que tudo indica, as grandes vozes da Warner ainda são bem receosas quanto a isso e preferem apenas navegar em marés já conhecidas – Superman e Batman. Falta uma boa produção e direção para mostrar ao estúdio que é possível realizar filmes de outros heróis e transformar eles em sucesso seguindo todos os princípios já discutidos nesse artigo. A DC precisa correr logo atrás disso.

#10 Abusar das grandes sagas e histórias

Qual editora tem as melhores sagas: a Marvel ou a DC? Cada uma tem seus méritos, é claro. Mas, qual editora tem as sagas mais icônicas e memoráveis de todos os tempos? A DC, é claro. Prova disto, é que grande parte dos quadrinhos mais valiosos da humanidade são da DC.

A Warner precisa abrir espaço para que essas grandes sagas sejam adaptadas o quanto antes para os cinemas. Imagine só, assistir um filme do Superman onde a inspiração fonte vem da HQ Paz na Terra?! – conheça um pouco sobre ela aqui. Seria perfeitamente capaz até de ser o primeiro filme de super-herói a levar o OSCAR de melhor filme.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Existem mais do que criminosos lá fora, e a HQ é excelente em mostrar como os maiores problemas da humanidade podem ser realmente complicados.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Existem mais do que criminosos lá fora, e a HQ é excelente em mostrar como os maiores problemas da humanidade podem ser realmente complicados.

Além de muitas outras histórias que tem potencial para isso – como já disse, isso acontece pois a DC se preocupa muito mais com atos heroicos vs sociedade, em relação a Marvel. A Warner precisa beber mais das vastas fontes dos quadrinhos.

Parece que, nesse caso, será apenas uma questão de tempo. Como já tem sido mostrado, Batman vs Superman, aparentemente, será o primeiro filme Warner a beber completamente da fonte de uma HQ que pode resultar na melhor adaptação de todos os tempos – veja aqui qual é essa HQ, e perceba a intensidade do contexto narrativo que ela possui.

Conclusão

Adotando essas medidas, ao longo do tempo, a Warner vai conseguir mostrar ao público o quanto uma história bem construída é mais interessante. A questão aqui não é vencer a Marvel, mas se tornar tão importante quanto a Marvel e ser capaz de superá-la em vários aspectos, assim como a Marvel é capaz de superar a DC em outros.

Batman vs Superman, com o pouco que sabemos, já provou que utilizará de todos esses recursos para ser o melhor – como você pode ver na analise do trailer. Que continue assim, e para os nerds, esse processo só resulta em felicidade, afinal existirá conteúdo garantido de sobra por pelo menos até 2020, ou até que o público comum – aquele que realmente dá dinheiro – não enjoe desses gêneros de filmes.

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "O Super Nerd" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

O Super Nerd

O Super Nerd

Completamente apaixonado e envolvido pelo mundo do entretenimento, da tecnologia e do conhecimento. This is a job for... Super Nerd!

PUBLICIDADE

comentários mais nerds do planeta

O Super Nerd disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

PRÓXIMO ARTIGO

artigos relacionados

Send this to a friend