PUBLICIDADE
O Super Nerd

A experiência de ter um site nerd

9 de setembro de 2015, POR

O Super Nerd » O Super Nerd » A experiência de ter um site nerd

PUBLICIDADE

Já se passaram 6 meses desde que criei O Super Nerd – embora eu, há 21 anos, seja o Super Nerd. Nesse período já acumulei mais de 24 mil seguidores espalhados por todas as redes sociais, e conquistei um excelente público nerd: você!

A todos só tenho a agradecer e para comemorar tal sucesso apresento um pouco da minha experiência ao longo de tantos anos, não apenas para que sirva de inspiração em mostrar o quanto batalhar por nossos sonhos sempre dá resultados, mas também para incentivar a todos começarem agora a investir desde já em suas paixões!

Era Pré-OSN

Desde que me entendo por gente, sempre fui um nerd, geek e CDF. Aquele tipo de nerd que está presente em filmes e series americanas. No início dos meus estudos, entre a primeira e quinta série, sofri muito bullying e, sinceramente, já nem sei mais o motivo pelo qual isso aconteceu. De certa forma, esses eventos me tornaram um pouco recluso em relação as amizades ao meu redor. Não tive uma infância, e muito menos adolescência, repleta de amizades. Passei muitas e muitas horas de cada dia solitário. Mas, solidão nem sempre significa tristeza e foi o que fez a diferença em minha vida. Sem ter amigos para interagir no dia a dia, sempre encontrei alternativas de passar meu tempo. Nessa fase inicial, uma das coisas que mais marcou a minha vida foi a série Smallville, que acabou moldando meu caráter a alguém muito próximo de um Clark Kent – por isso, acabei sendo conhecido como CK por aqueles que percebiam as semelhanças.

Resumidamente, dos meus 5 aos 18 anos aprendi muita coisa. Nunca precisei estudar conteúdo escolar, o que me concedeu tempo para conhecer o “mundo fora da caixa”. Com 5 anos já demonstrava um incrível talento para desenho e sempre investi boa parte do tempo nessa atividade. Com 8 anos comecei a programar em ASP e C++, fiz vários “programinhas” para que eu pudesse interagir e brincar. Com 9 anos programei meu primeiro “joguinho”, baseado na animação X-Men Evolution. Com 10 anos já ansiava em ser um empresário de sucesso, imaginava uma empresa fictícia onde desenvolvia vários projetos. Ao mesmo tempo comecei a produzir uma revista infantil que chamava de JMK – Jornal do Mundo Kids, embora eu tivesse poucos leitores hehe. Como 12 anos, meu desejo por design só aumentava, me aventurei em diversos âmbitos da área: elaborei tirinhas, escrevi contos, criei personagens, inventei mais empresas fictícias, produzi minha primeira animação 2D e continuei aprendendo programação. Com 14 anos passei por uma “digievolução”: estudei processos cinematográficos, aprendi técnicas de Chroma Key, comecei a trabalhar com produção de efeitos especiais, produzi vários micro-filmes e minha primeira animação 3D.

Nessa época eu já sabia desenhar, tinha conhecimento de processos editoriais, entendia os processos cinematográficos, era hábil em cinco linguagens de programações diferentes, tinha uma boa noção de design e começava a entender o que significava marketing. Já com 14 anos, eu poderia simplesmente escolher qualquer profissão que desejasse. Decidi investir no design, que tanto amava, foi quando eu “tornei oficial” um escritório que nomeei de CMA Designer. Lá eu oferecia projetos em desenvolvimento web, desenvolvimento desktop, design gráfico e design digital. Logo comecei a pegar um projeto ou outro, que sempre resultaram em satisfação garantida. Foi quando comecei a notar que possuía uma visão de design diferente para época. Ainda não era completamente hábil no mão na massa, mas realmente conseguia prever uma tendência antes dela acontecer.

Aos 15 anos continuei nessa empreitada. Quando aos 16 anos, já no último ano de colegial, precisava decidir o meu futuro: design, produção, programação ou marketing!? Aquele típico dilema de quem está prestes a ingressar no mundo universitário. Nesse momento, fui convidado para participar de um projeto de Iniciação Cientifica em uma universidade da minha cidade. Assim, antes de entrar propriamente na universidade, comecei a conduzir com auxílio da minha orientadora um projeto de pesquisa que buscava entender como as redes sociais afetariam a vida dos adolescentes nos próximos anos, o que me ensinou muito sobre como lidar com as redes sociais. Fiz um excelente trabalho. Ao final do terceiro ano, acabei ingressando em um dos cursos disponíveis por aqui na universidade: Sistema de Informação. Durante meu período universitário tive boas experiências, embora eu já soubesse 90% do currículo acadêmico que era apresentado.

Eu sempre me identifiquei com programação, mas sempre me vi minhas motivações em áreas diferentes. Sempre fui decidido em escolher trabalhar pelos meus sonhos. Por este motivo, paralelo a universidade me tornei especialista em design thinking, marketing digital, gestão empresarial, comunicação e otimização de conteúdo online. Até que em 2014, a universidade chegava ao fim e mais um dilema bateu a porta: o que fazer a seguir? Com meu conhecimento em mãos, ao final de 2014, escolhi abrir uma agência, a Agência Intrus. Comecei a trabalhar intensamente nas atividades, sozinho e acreditando nos meus passos. Consegui trabalhar em excelentes projetos, conheci vários líderes da área e inclusive comecei a realizar palestras explorando a visão que sempre defendi. Uma das minhas grandes realizações na Agência Intrus, foi as consultorias que prestei aos clientes que conquistei. Com minhas capacidades analíticas e estratégicas, consegui conceder o sucesso a muitas pessoas. Me orgulho disso.

Porém a gestão de um negócio nem sempre é fácil, quando tudo começa a dar certo a concorrência cai em cima, necessitando de um time cada vez maior. A construção de um time empresarial capacitado demanda recursos que não pude alcançar. Verdade seja dita, muitos jovens que saem da universidade buscam por estágios e construção de carreira, trazê-los a um novo negócio como sócios não é um processo relativamente fácil. De qualquer forma, como um bom empreendedor decidi colocar todos recursos ao meu alcance na mesa e fazer as minhas escolhas. Foi quando em fevereiro de 2015, optei por mudar minha estratégia focado em oferecer consultoria. Cada dia que passava, percebia o quanto tinha potencial para esta área, mas ao mesmo tempo não conseguia enxergar no final do horizonte o futuro que eu desejaria de verdade: a conexão com o mundo do entretenimento.

Era OSN

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

O futuro do mundo nerd em um site feito especialmente para você.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O futuro do mundo nerd em um site feito especialmente para você.

Em março de 2015, exatos 6 meses atrás, tudo mudou. Encerrei minhas atividades em consultoria e comecei a construir O Super Nerd. Desde então tenho focado todo o conhecimento adquirido ao longo dos anos a cada nova estratégia criada para aplicar neste projeto. É nesse momento que toda minha vida fez sentido, cada pequena coisa que aprendi desde criança teve significado. Tenho dado a cada dia, meu sangue e suor para garantir a todos vocês, todos que me acompanham, todos que um dia irão me seguir, o melhor conteúdo nerd possível. Ao longo desses 6 meses eu posso ainda não ganhar o pão nosso de cada dia que estaria ganhando caso não tivesse mudado de projeto ou entrado em um estágio ou algo do tipo, mas eu definitivamente tenho algo muito superior: a paixão pelo que faço. E no fim, toda paixão sempre leva ao sucesso.

Criar e administrar um site e uma série de redes sociais, não é nada fácil, ainda mais sozinho. Você precisa trabalhar duro, precisa acreditar que o seu projeto é o seu verdadeiro negócio. Lutando contra tudo e contra todos para conquistar o que parece impossível. E tenho feito tudo isso com o maior orgulho, por cada um de vocês que apreciam o meu trabalho e que merecem o melhor do ponto de vista nerd. Por este motivo nesta Era OSN só tenho a agradecer todos os leitores e seguidores do meu trabalho, sem vocês eu realmente não chegaria a excelentes resultados que consegui alcançar em tão pouco tempo. E podem ter certeza que o meu sucesso, será o nosso sucesso e juntos seremos capazes de mudar a visão de entretenimento e cultura pop em território nacional.

Em 6 meses aprendi e tenho aprendido mais do que eu poderia imaginar, a cada dia tenho conhecido o verdadeiro valor de acreditar e lutar por seus sonhos contrariando a todos que levantam dúvidas. Não é uma batalha fácil, é uma guerra constante a cada dia, ainda mais para um jovem adulto de 21 anos que por hora ainda não garantiu sua estabilidade financeira e também não entrou no universo dos estágios e empregos da vida. Mas a verdade é que o futuro de todos é incerto, e a diferença se faz no presente. E no presente sempre é a hora certa para investir nos seus sonhos.

8 conselhos para quem deseja ter um site nerd

Se conselho fosse bom, ninguém daria de graça. A verdade é que conselhos são de graça pois só os sábios conseguem segui-los. E por estar conseguindo alcançar resultados incríveis por aqui, quero compartilhar, com todos interessados em fazer como eu, alguns conselhos que farão a diferença e influenciarão diretamente no caminho para o sucesso.

#1 Acredite em si mesmo

Quando você abandona tudo para investir seu tempo e dinheiro na construção de um site, algo considerado incerto, todos vão se preocupar e por conseguinte vão acabar tentando te proteger de um “futuro amedrontador”. Por este motivo, poucas pessoas ao seu redor irão acreditar que suas ideias possam funcionar. Mas, nunca se esqueça que a culpa não é delas, elas estão lá por se importarem e por tentarem evitar que você enfrente grandes dificuldades. E acredite, você vai enfrentar MUITAS dificuldades. Sua melhor arma nesse momento é sua confiança, a capacidade de acreditar em si mesmo. Nunca deixe de acreditar, se isso acontecer você não conseguirá ultrapassar as barreiras em sua frente.

#2 Assuma os seus erros

Ao montar um site nerd, você VAI cometer muitos erros. Eu mesmo já cometi muitos erros por aqui. O público nerd é intenso, você sabe. Os fanboys mais ainda. Não adianta recriminar o próximo, você precisa, obviamente, defender as suas ideias e seus princípios, mas também precisa reconhecer seus erros. Sejam eles de informação, sejam eles ortográficos, sejam eles semânticos, ou qualquer outro pequeno deslize. Errar é a essência humana, saber admitir, assumir e lidar com os erros é para os sábios. Quando você transforma seus erros em acertos, o público percebe e faz a total diferença no final do dia.

#3 Concentre-se em seu projeto

Se você quer transformar seu projeto nerd em seu futuro, uma palavra: foco. Não adianta ter um projeto paralelo. Se você, por exemplo, trabalha em algum lugar e dedica apenas suas horas de folga para o seu projeto, duas coisas: você precisará gastar muito dinheiro em marketing e também correrá um risco de fazer um trabalho sem valor e sem personalidade. Além disso, você levará muito tempo até que seu projeto ganhe independência própria – se já é complicado quando você se dedica integralmente, imagine parcialmente. Por este motivo, se deseja mesmo fazer a diferença e fazer sucesso, mude a sua vida agora ou aguarde até o momento certo para então dedicar-se totalmente a sua ideia.

#4 Trabalhe, mas trabalhe muito

No período de 2002 a 2012 era um tempo fácil. Qualquer um – literalmente, qualquer um – poderia criar um site e logo conseguiria conquistar um público volumoso do dia para a noite. Haviam poucos sites e o Google era “menos chato” para classificar as páginas. Inclusive arrisco em dizer: se muitos sites famosos começassem hoje, talvez não chegariam onde estão hoje. Isso acontece por causa de um simples movimento natural na internet: o crescimento no número de sites de mesmo gênero, resultando em uma quantidade exagerada e genérica de conteúdo. Dessa forma: houve um aumento na concorrência por espaço; houve um aumento de gastos com publicidade; e houve um aumento da necessidade de ser diferente. Se você não trabalhar duro, se você não se jogar dentro do seu projeto, o tempo vai passar e os resultados não vão chegar. Quem pensa que ter um site nerd de sucesso e com qualidade é fácil, não necessitando de esforço, se engana.

#5 Não pare na pista

Estratégias e análises constantes são a chave para que você trabalhe menos e gere mais resultados. Você precisa estar atento ao que funciona e ao que não funciona, que conteúdo atrai mais pessoas, que conteúdo resulta em maior engajamento, qual rede social é mais vantajosa, quais elementos aumentam a experiência do site, etc. Pessoas que levam seus sites ao vento conquistarão com o tempo muitas visitas, mas dificilmente terão um site referência. Para que você tenha uma ideia, eu administro diariamente cinco planilhas de resultado que garantam que todas as minhas metas diárias, semanais e mensais sejam cumpridas, além de contar com relatórios semanais e mensais das ações que executo. Todo esse cuidado garante um crescimento estável e a constante otimização de resultados.

#6 Invista na personalidade

Para quem quer ter um site nerd, é preciso conseguir responder a duas perguntas: por quê meu site existe? E o que o torna único? Todo site, assim como todo projeto, precisa ter personalidade. É preciso de ao menos um único traço que faça as pessoas reconhecerem um site como único e sem nada igual. A construção da personalidade não é um processo fácil, e demanda tempo. As suas estratégias e análises levarão a identificação da personalidade, para se destacar é preciso ser único e não genérico. Por este motivo tenha cuidado, é comum criar sites da cultura pop distribuidores de notícias, mas isso pode condená-lo a ser como qualquer outro. Veja bem, você terá visitas, você terá comentários, mas o seu projeto não conquistará fidelidade, gerará dependência e estagnará a não ser que você apresente algo novo.

#7 Não faça dos seus concorrentes inimigos

Querendo ou não todos sites são “concorrentes”. Todos sites estão na internet para ter público, mas o melhor da internet é que há público para todos, você só precisa encontrá-los. Criar rivalidade com sites do mesmo ramo não leva a lugar nenhum. Esqueça concorrentes que possam existir, concentre-se no seu trabalho e foque em seus resultados. Como digo: quem cuida da vida dos outros permite que sua casa pegue fogo. Se você começar a se preocupar demais com quem está do seu lado fazendo um projeto parecido com o seu, o único que vai para o buraco é você deixando de se concentrar no que realmente importa: o seu projeto.

#8 Esteja atento as oportunidades

Muitas coisas vão aparecer. Pessoas vão entrar em contato, empresas vão entrar em contato, muita gente entrará em contato com você ao longo do crescimento de seu site. Você precisa entender que nem todos que chegam perto resultam em parcerias saudáveis. Saiba analisar as propostas, saiba entender os interesses e esteja sempre ligado nas oportunidades que irão surgir a cada ação que você tomar. Deixar uma oportunidade maravilhosa ir embora é dar adeus ao crescimento e ser atraído por uma oportunidade perigosa é ter a chance de afundar o seu navio.

Enfim…

Se ter um site fosse fácil, todos teriam um, não é verdade? Foque no seu trabalho, análise suas ações e acredite em si mesmo. Todos nós podemos ir longe. Talvez nem todos os nossos projetos irão dar certo, mas deixar de tentar é perder a chance de conquistar a felicidade de atingir seus sonhos. Eu mesmo, não sei qual será o verdadeiro futuro do Super Nerd, pode ser que depois de algum tempo o projeto não vingue mais… Ainda sim estou aqui sempre acreditando e dizendo “eu vou conseguir e vou me tornar um dos líderes nerd desse país” para juntos fazermos a diferença. Lembre-se de tudo isso e espero sinceramente que inspirado muita gente a passar por essa incrível experiência. Novamente, agradeço a todos seguidores e vamos lá rumo aos próximos 6 meses de sucesso!

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "O Super Nerd" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

TAGS
osupernerd
O Super Nerd

O Super Nerd

Completamente apaixonado e envolvido pelo mundo do entretenimento, da tecnologia e do conhecimento. This is a job for... Super Nerd!

PUBLICIDADE

comentários mais nerds do planeta

O Super Nerd disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

artigos relacionados

Send this to a friend