PUBLICIDADE
Séries e TV

Dirk Gently’s Holistic Detective Agency, 1ª Temporada: Opinática

20 de dezembro de 2016, POR

O Super Nerd » Séries e TV » Dirk Gently’s Holistic Detective Agency, 1ª Temporada: Opinática

PUBLICIDADE

Poucas coisas são bizarras e interessantes ao mesmo tempo, Dirk Gently’s Holistic Detective Agency é sobre isso. Inspirada no livro homônimo escrito por Douglas Adams, a série produzida pela BBC America, já disponível na Netflix, procura trazer todo seu universo à realidade saindo-se confortavelmente bem e, inclusive, deixando ganchos para sua segunda temporada. Embarque nessa experiência comigo e veja minha opinática!

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Dirk Gently's Holistic Detective Agency

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

A série conta a história de um detetive holístico dedicado a investigar casos que envolvam o sobrenatural. Baseada na série literária Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently, de Douglas Adams.

O livro, lançado em 1987, como o próprio nome sugere, traz uma narrativa policial daquelas com: casos, detetives e evidências. Mas, agindo contra o convencional, aqui é criada uma nova forma de contextualizar o que é ser um detetive e como os casos são resolvidos. Enquanto, comumente pensamos em detetives que se baseiam em fatos e objetividade procurando por pistas, ala Sherlock Holmes, Dirk Gently foge em contramão se baseando puramente no acaso – sendo o acaso um dos maiores fascínios da história do início ao fim, capaz de gerar longas reflexões – onde, inclusive, as pistas que vão até ele. Na construção da história, o objetivo de Douglas Adams foi tecer uma trama policial em que nada fazia sentido para que tudo fizesse sentido – faz sentido para você? – criando, dessa forma, um universo nonsense e ao mesmo tempo coeso e conectado – é um verdadeiro mind-blown conforme tudo começa a se entrelaçar.

A série, por sua vez, passa a refletir toda a narrativa junto ao universo absurdo de Adams se saindo bem em sua tradução, na qual é adaptada de forma confortável sem ofender qualquer um que já conhecesse sobre a história. Mas precisamos falar sobre: e quem ainda não teve a oportunidade de conhecer a história? Com 8 episódios a primeira temporada de Dirk Gently começa um tanto quanto esquisita para os que não estão familiarizados. Você, como espectador, não entende nada do que está acontecendo e tudo parece “bizarro” demais para convencê-lo de seguir adiante – a mesma sensação que muitos podem ter com o próprio livro. Nesse relacionamento inicial com a história, uma das coisas que mais chama atenção remete a forma como os personagens são apresentados, não sendo nada convencional e fugindo da normalidade – somada a constante sensação de “pegar o bonde andando”. É o momento que dá para sentir um desconforto junto a sensação que a série possa ser esquisita ou indigerível demais para valer a pena – um ledo engano.

Ao permitir dar uma chance a história, em pouco menos de três episódios, as conexões que começam a aparecer lançando um elixir de “preciso saber o que está acontecendo” aos curiosos. Chegado o momento, a imersão na série é inevitável e não é uma surpresa quando você se depara o último episódio já implorando pela segunda temporada – que, inclusive, já está confirmada. Mas, junto a própria história, o que realmente contribuí à imersão na série é o seu elenco. Como protagonista, Elijah Wood convence ao transmitir a imagem de um fracassado em uma vida desinteressante, não sendo surpreendente se identificar com ele em breves momentos. Na outra ponta, Dirk Gently funciona como deveria nas mãos de Samuel Barnett, o personagem cativa em sua positividade e ao mesmo tempo faz você acreditar e não acreditar sobre tudo que ele diz saber, deixando seus trejeitos duvidosos em “ou ele é ingênuo, ou ele é o cara” como deveria ser.

A profundidade dramaturga da história, entretanto, não é das melhores, embora em alguns momentos pegue de jeito, não existe qualquer “carga pesada” mesmo durante as cenas mais violentas, tirando um pouco da vontade em levar as coisas a sério. Porém, a constante tentativa de não deixar as coisas tão sérias é o que equilibra, provando que o objetivo da série é ser leve. Veja bem, não quero aqui entregar nenhuma parte história – afinal, quanto menos você souber ainda mais intrigante será sua experiência – mas é preciso dizer que o melhor sobre o roteiro é a forma como nenhuma ponta solta é deixada, pelo menos nenhuma fácil de encontrar. No momento certo tudo que precisa ser descoberto será descoberto e tudo que não faz qualquer sentido, fará sentido.

Dirk Gently’s Holistic Detective Agency é para os curiosos e, principalmente, para quem adora o diferente sem se incomodar com os “porquês”. Talvez, por isso, se você for o tipo de pessoa que se incomoda que a Terra possa ser quadrada, a série não seja para você. Embora tente conectar tudo, há várias explicações deixadas de lado, mas que também não se tornam necessárias. Com várias cenas divertidas, outras bem “bizarras” e várias esquisitices por toda parte, o ambiente é bem família e a série cativa o público certo, para qual foi feita, de forma descontraída. Se isso não é cumprir seu papel proporcionando uma experiência envolvente ao espectador, então não sei ao certo o que é. Por isso e tudo mais é uma série para todos que gostam de uma boa aventura em desvendar mistérios de uma forma diferente – onde o acaso é quem manda. Deixe a sua experiência com a série, também, nos comentários!

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "O Super Nerd" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

O Super Nerd

O Super Nerd

Completamente apaixonado e envolvido pelo mundo do entretenimento, da tecnologia e do conhecimento. This is a job for... Super Nerd!

PUBLICIDADE

comentários mais nerds do planeta

O Super Nerd disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

artigos relacionados

Send this to a friend