PUBLICIDADE
Opiniões

Jar Jar Binks seria o grande vilão de Star Wars?

12 de novembro de 2015, POR

O Super Nerd » Opiniões » Jar Jar Binks seria o grande vilão de Star Wars?

PUBLICIDADE

Praticamente ninguém gosta do estranho Jar Jar Binks. Um personagem completamente sem graça que enjoa qualquer um que não está repleto de paciência e paz no coração. Muitos ainda vão além e julgam o personagem como completamente indispensável, porém… quando você o elimina da trama de Ameaça Fantasma, muito do que aconteceu não iria ter acontecido. Partindo dessa ideia, anda circulando no vasto universo da internet uma teoria na qual a premissa é: Jar Jar Binks está longe de ser o bobalhão que conhecemos, na verdade ele é o grande Sith da história!

É bem estranho eu sei, mas ainda é uma teoria interessante embora possa ser pura piração. Então fazemos assim, antes de pensar qualquer coisa e criar argumentos refutantes, leia ela por completo. Vou apresentar uma tradução e interpretação bem livre do material original, assim como os comentários que vi sobre a teoria no Procrastination, acrescentando alguns detalhes que também pude perceber. Esteja preparado para algo que poderá, ou não, mudar o seu conceito sobre o personagem mais odiado do Universo Star Wars.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

O personagem menos querido do Universo Star Wars entrou mal na Saga. A receptividade foi muito negativa e até hoje a sua participação é uma das mais comentadas quando se trata da nova trilogia. Será que esse movimento dos fãs fez com que os planos para Jar Jar fossem alterados?

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

O personagem menos querido do Universo Star Wars entrou mal na Saga. A receptividade foi muito negativa e até hoje a sua participação é uma das mais comentadas quando se trata da nova trilogia. Será que esse movimento dos fãs fez com que os planos para Jar Jar fossem alterados?

Por que Jar Jar Binks?

Eu gosto dos Episódios I, II e III. Talvez porque, na época, eu tive mais contato com esses títulos. Existem falhas nítidas, principalmente nos Episódios I e II, mas existem muitos acertos. Porém, a grande parte dos fãs de Star Wars amam odiar a tal “nova trilogia”. E desses 80% amam criticar Jar Jar Binks. Mas, será que esse pessoal já se perguntou o porquê do personagem? Quer dizer, o que George Lucas estava pensando quando finalizou A Ameaça Fantasma, incluindo um personagem como Jar Jar Binks? Ele simplesmente enlouqueceu? Como alguém capaz de montar uma grande trilogia em plena década de 70 simplesmente “estraga” a nova trilogia?

O fato é que George Lucas já tinha todo o grande rascunho da saga desde antes do lançamento da trilogia original. Ele havia escrito um roteiro que totalizaria mais de 6 horas e como um filme desse tamanho seria imprescindível… Lucas, junto com uma dezena de pessoas que o ajudaram, separou o roteiro em tramas menores e foi lapidando cada uma dessas histórias. Ao longo dos anos as histórias passaram por muitas mudanças significativas. Mas, já era sabido que a história pré-Luke Skywalker demandaria muitos recursos. Nem tudo era fácil na década de 70, por este motivo foi decidido explorar a história pós-Luke, apresentando menos risco de não funcionar. E de fato se essa decisão não tivesse sido tomada, talvez Star Wars não seria o que é hoje.

Bem, não se sabe quando que Jar Jar Binks foi incluído na história da nova trilogia, mas é certo que tudo que está presente em Star Wars tem um propósito e costuma estar bem encaixado, sendo bem plausível que ao menos um rascunho de Jar Jar tivesse sido imaginado. E a ideia da teoria difundida por usuários do Reddit bate exatamente nessa tecla: Jar Jar Binks, na verdade, tinha o maior propósito de todos, mas esse objetivo foi ameaçado devido ao fracasso do personagem com o público.

A Teoria: Jar Jar Binks era o verdadeiro vilão da história

Jar Jar Binks é um tanto irritante e chato. Eu sei disso, você sabe disso, todos sabemos disso. Mas e se ele for assim, digamos, de propósito? Essa é a ideia! Veja bem, durante a sua passagem na trama de Ameaça Fantasma algumas coisas aconteceram com Jar Jar que apenas faziam questão de exibir a sua habilidade nos movimentos. Era meio que uma exibição gratuita de que Jar Jar tinha alguma habilidade que era bem diferente dos outros Gungan, isso aconteceu logo no começo do filme e também em outras partes durante a trama.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Eis uma cena em que Jar Jar mostra, gratuitamente, suas habilidades para o espectador. Por que pular desse jeito? Será que não é uma forma de George Lucas dizer "ei, prestem atenção nesse personagem, há algo nele a ser considerado".

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Eis uma cena em que Jar Jar mostra, gratuitamente, suas habilidades para o espectador. Por que pular desse jeito? Será que não é uma forma de George Lucas dizer “ei, prestem atenção nesse personagem, há algo nele a ser considerado”.

E, você já viu algum outro personagem considerado normal que fosse capaz de realizar tais movimentos? Não! Justamente pelo fato de separar os Jedi e os Sith dos habitantes restante da Galáxia, tais habilidades são concedidas apenas a eles, ou a alguém que seja muito especial, quando se trata do Universo Star Wars. Então, como Jar Jar seria capaz de fazer esses movimentos e por que, sendo um personagem bobalhão, seria preciso mostrar movimentos tão hábeis ao invés de movimentos estabanados? É uma questão a se pensar. Se você visse Jar Jar fazendo isso isoladamente da história do filme, é bem possível que o consideraria um Jedi ou um Sith. Eu também teria considerado ele algo do tipo, ao ver a cena isolada.

O discurso de que Jar Jar é apenas um bobalhão desajeitado o acompanha inclusive em suas batalhas. Durante a grande Guerra final, ele passa por diversas situações que dão nos nervos. Cada coisa que ele faz, além de parecer completamente estabanada e absurda, dá certo. É como se a sorte o acompanhasse para todo o sempre e é irritante. Enquanto os Jedi dão duro para as coisas funcionarem e acontecerem em seu favor, Jar Jar simplesmente sai fazendo coisas e tudo está feito. É uma sensação frustrante para alguns: um completo idiota vencendo a Guerra da maneira mais boba possível com a sorte a seu favor. Porém, considerando tudo que é pregado sobre Star Wars, Obi-Wan já disse uma vez durante Star Wars IV: A Nova Esperança:

Eu posso garantir que não existe sorte. (na versão dublada).

Se não existe sorte, então o que acontece na vida de Jar Jar? Se a Força coopera para que tudo aconteça como deve acontecer, então meio que ele estaria associado a ela de alguma forma. Digamos que ela estaria cooperando até demais com Jar Jar e deve haver um motivo para tanto. Lembra que eu disse, no começo desse texto, que ao tirar Jar Jar da trama muita coisa não deveria acontecer? Isso que é o mais incrível. Mesmo com todo esteriótipo de bobalhão covarde, ele consegue se transformar em General e logo mais a frente em Senador. Nesse caso, era bem possível que a Força estivesse presente em Jar Jar e ele estivesse utilizando habilidades bem conhecidas do usuários da Força como: o controle mental e a manipulação dos eventos.

© Material de divulgação passível de direitos autorais.

Na cena em questão, Jar Jar movimenta suas mãos antes do grande líder Gungan expor sua opinião. A ideia é que Jar Jar tenha feito isso em vários momentos do filme sem que nós sequer tenhamos percebido.

® Relate qualquer abuso de Uso Indevido de Imagem clicando aqui.

Na cena em questão, Jar Jar movimenta suas mãos antes do grande líder Gungan expor sua opinião. A ideia é que Jar Jar tenha feito isso em vários momentos do filme sem que nós sequer tenhamos percebido.

Considerando que a presença de Jar Jar não fosse mero acaso, eis uma lista das coisas relativas as suas participações na tramas: faz com que os Jedi o sigam até o núcleo do planeja; faz com que Anakin se aproxime dos Jedi; provoca Qui-Gon pelas costas, para que Anakin conseguisse ver; insinua a Anakin o quanto a Rainha é um “pitelzinho”; se aproxima da Rainha para que ele seja o Senador; ele elege Palpatine a Supremo Chanceler. Se Jar Jar está conectado a Força, ele pode sentir o futuro. Ele pode sentir que Anakin será o grande trunfo, ele pode sentir que é preciso a conexão entre Amidala e Anakin para que Ani se transforme em quem deve ser. Para tanto, vai plantando algumas pequenas ideias subliminares durante a trama. Bom, Jar Jar faz muitas e muitas coisas durante a sua passagem pela história que, olhando desse ponto de vista, soam como grandes manipulações da parte dele. No fim, ninguém acreditaria que a manipulação estaria vindo de um bobalhão nada ameaçador, não é mesmo?

Ao pensar dessa forma, é possível começar a ver o filme com outros olhos. E Jar Jar ganha uma imagem completamente diferente da que de fato recebeu. Com tudo isso, é como se Jar Jar estivesse envolvido com Palpatine. Todas as ações dele contribuíram, direta ou indiretamente, para que Palpatine chegasse onde chegou e até mesmo que Anakin se transformasse em quem se transformou, pois, indo além, Jar Jar soube de Anakin primeiro. É como se ele tivesse percebido a Força dentro do garoto, dando um toque para que Palpatine se voltasse diretamente para o garoto. É uma possibilidade a se pensar.

Mas, eis a dúvida crucial, por que Jar Jar? Talvez, porque ele seja o verdadeiro e poderoso Sith da Galáxia! É interessante, pois é possível fazer um contra-ponto com a participação de Yoda na primeira trilogia. Quando Yoda apareceu pela primeira vez para Luke, ele foi um bichinho irritante, estranho e bem BEM chatinho. Eis que Luke descobre que o tal “bichinho” era o grande mestre Jedi, Yoda. Agora começa a piração… e se George Lucas quisesse trazer a mesma jogada com Jar Jar? Mas, dessa vez, ele seria o grande mestre Sith por trás de tudo. Quando há um, sempre há dois. Alguém havia ensinado Palpatine, que coincidentemente vem do mesmo planeta que Jar Jar. É bem possível que teria sido Jar Jar, e Jar Jar tivesse sido criado para ser a “versão do mal” de Yoda.

Porém, nada saiu como planejado. É óbvio que a construção de Jar Jar não deu certo. Sendo essa a verdadeira ideia de George Lucas, ele errou ao não encerrar o filme com, ao menos, uma frase final de Jar Jar falando com uma figura misteriosa algo como “está perfeito, tudo aconteceu como deveria ser”. Seria um mind-blowning exato na hora exata, a percepção de Jar Jar iria mudar na mesma hora independente do quanto ele havia sido um bobalhão. A má receptividade do personagem deve ter levado a uma súbita mudança de planos. A explicação plausível para tanto seria a criação do Conde Dookan, um personagem que simplesmente apareceu do nada. E, de acordo com os responsáveis pela teoria, apenas existiu para preencher o buraco deixado pela participação Jar Jar Binks como o grande Sith dos demais filmes da nova trilogia. Adeus qualquer chance de Jar Jar se mostrar o grande vilão da história, afinal seria tarde demais para alguém engolir isso.

Sinceramente, acredito que esse possível plot frustrado da nova trilogia não seja mais aproveitado pela Disney. Embora alguns fãs, como eu, apreciem a nova trilogia tal como a trilogia original, seria muito arriscado comercialmente explorar algo que de fato não aconteceu, como: a ascensão de Jar Jar ao grande Sith da história. Já é tarde demais para isso, sendo preferível apenas criar sub-tramas que aproveitem o melhor da nova trilogia. Aliás, já houveram rumores de que J. J. Abrams deixaria de lado a nova trilogia, que vem de um passado muito distante, conectaria a trilogia original, que é mais próxima dos novos filmes temporalmente, e exploraria uma história completamente independente. Dificilmente veremos Jar Jar novamente – o que é um certo alívio.

Bom, como toda teoria nerd, essa é apenas mais uma daquelas teorias da conspiração. Em partes, fazendo completo sentido além de agregar um sentido a Jar Jar. Mas, será mesmo que esse era o plano de George Lucas ou Jar Jar é só um projeto fracassado de alívio cômico que não serviu para nada?! Fica aqui a reflexão!

A estrutura do site, bem como os textos, os gráficos, as imagens, as fotografias, os sons, os vídeos e as demais aplicações informáticas que os compõem são de propriedade do "O Super Nerd" e são protegidas pela legislação brasileira e internacional referente à propriedade intelectual. Qualquer representação, reprodução, adaptação ou exploração parcial ou total dos conteúdos, marcas e serviços propostos pelo site, por qualquer meio que seja, sem autorização prévia, expressa, disponibilizada e escrita do site, é vedada, podendo-se recorrer às medidas cíveis e penais cabíveis. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

O Super Nerd

O Super Nerd

Completamente apaixonado e envolvido pelo mundo do entretenimento, da tecnologia e do conhecimento. This is a job for... Super Nerd!

PUBLICIDADE

comentários mais nerds do planeta

O Super Nerd disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site, não se responsabilizando por opiniões, comentários e mensagens dos usuários sejam elas de qualquer natureza. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Compartilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas. Leia aqui os Termos de Uso e Responsabilidade.

  • helmygalindo

    Faz todo sentido. O problema é que o Jar Jar passou a ser odiado apenas recentemente. Lembro que na época ele foi considerado um sinônimo de evolução tecnológica e era bem popular. Eu acredito sim que a força contribuiu para que ele tivesse a sorte que teve em vários momentos e que ele foi usado pela força para um propósito maior. Talvez essa tenha sido a intenção do Lucas, mostrar como a força age para que as coisas aconteçam.

  • Carlos Eduardo

    Isso seria simplesmente genial. O contraste dele e do Yoda. Ele ter sido expulso do lugar aonde vivia, por qual motivo ?? Seria mto mais interessante essa manipulação desde o primeiro filme.

artigos relacionados

Send this to a friend